USP e Embrapa comprovam que erosões “vizinhas” interagem entre si


Voçoroca. Você sabe o que é? A palavra, de origem Tupi, não é comum aos brasileiros, mas dá nome a um problema presente em todo o território nacional. Você já deve ter visto nas estradas do país paisagens com grandes erosões formadas nas áreas rurais. Essas crateras gigantes são chamadas de voçorocas. O que pode parecer natural aos olhos dos desavisados, na verdade, provoca danos sociais, econômicos e ambientais. Cientistas em todo o mundo têm estudado maneiras de estabilizar o processo de erosão e recuperar as áreas degradadas. Agora, um novo trabalho realizado por pesquisadores da USP, em São Carlos, e da Embrapa deve ajudar a prevenir o avanço das crateras e colocar em prática projetos mais eficientes de resgate do solo. Pela primeira vez na literatura científica mundial, um complexo de voçorocas foi analisado e os cientistas confirmaram que algumas erosões interagem entre si, provocando impactos em cadeia. Saiba mais em: https://bit.ly/3giqNoy