Estudo mostra que dados do Enem podem ajudar na construção de futuras políticas educacionais


O que os dados sobre o desempenho de 1,3 milhão de jovens no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem revelar sobre a educação brasileira? Um estudo considerando a performance desses estudantes em cada edição da prova, ao longo de seis anos consecutivos, evidencia como a ciência de dados pode ser uma importante aliada do poder público na construção de futuras políticas educacionais bem-sucedidas. Realizada por pesquisadores do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, a pesquisa avaliou resultados obtidos por estudantes que realizaram o Exame entre os anos de 2012 e 2017, com base em informações disponibilizadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Utilizando técnicas computacionais, os cientistas realizaram três tipos de análises: a primeira sobre a performance dos alunos em cada região do Brasil; a segunda comparando o desempenho dos estudantes de escolas públicas e privadas; e a terceira buscou entender a participação de alunos com deficiência. Saiba mais em: https://bit.ly/3jZP4ms