Estudo da USP reforça que comer muita pipoca de micro-ondas pode causar Alzheimer


Quem nunca comeu pipoca de micro-ondas? Presente na casa de milhões de pessoas em todo mundo, o popular alimento é um dos mais lembrados na hora de assistir séries e filmes. No entanto, o que talvez nem todos saibam, é que seu consumo em excesso pode gerar graves problemas para a saúde. Em estudo realizado por pesquisadores do Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP, os cientistas identificaram moléculas associadas ao Alzheimer no cérebro de ratos que consumiram durante 90 dias seguidos o diacetil, composto responsável por dar o aroma e o gosto amanteigado à pipoca de micro-ondas. O resultado da pesquisa reforça a tese de que o consumo regular e em altas concentrações da substância pode gerar danos cerebrais. Saiba mais em: https://www5.iqsc.usp.br/2022/estudo-da-usp-reforca-que-comer-muita-pipoca-de-micro-ondas-pode-causar-alzheimer/