Os desafios do planejamento urbano na construção de hospitais

Atualizado: 21 de Jul de 2020




Os maiores hospitais públicos do Brasil concentram em seus entornos um elevado número de pessoas vulneráveis física e socialmente, além de apresentarem infraestrutura inadequada do ponto de vista urbanístico e de saneamento. Segundo pesquisadores do Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU) da USP, em São Carlos, esse tipo de cenário pode acarretar graves problemas, como a proliferação de doenças: "Muitos hospitais atraem aglomerações, algumas delas insalubres, que se instalam nos seus arredores e que vão desde o comércio informal de roupas e alimentos que ocorre na rua até pensões e quartos de aluguéis pouco propícios aos pacientes e seus acompanhantes. Esse ambiente colabora com a disseminação de doenças e em nada contribui para os tratamentos", afirma Jeferson Tavares, professor do IAU. Saiba mais em: https://bit.ly/2YtgQww